Revista A Ana Maria Braga
Clique e assine a Revista A
Sa˙de e Bem Estar

Ligação perigosa

Ainda não está convencida de que a melhor saída é parar de fumar?

Ana Carolina Carvalho
Foto: Shutterstock
Não é novidade que o cigarro faz mal para a saúde. Mas, nas mulheres, por conta da combinação com os hormônios femininos, os danos podem ser ainda maiores, como provocar a infertilidade. Esse quadro pode ficar ainda pior se a fumante usar anticoncepcional. Acredite, essa dupla é bombástica. A ginecologista Rosa Maria Neme, diretora do Centro de Endometriose de São Paulo (SP), explica porque o cigarro é tão prejudicial para você.

*Cigarro + anticoncepcional

O cigarro é um grande aliado da trombose, ou seja, ele provoca coágulos que entopem as veias. Alguns anticoncepcionais também fazem isso, principalmente os que contêm o hormônio sintético etinil estradiol. Por isso, essa combinação, associada ao fator de risco idade (mulheres com mais de 35 anos), é tão arriscada.

*Cigarro = fertilidade reduzida

As substâncias químicas do cigarro diminuem a produção de estrogênio, hormônio produzido no ovário e sem o qual a gravidez não existe; e ainda destroem o tecido ovariano, fazendo com que a fumante pare de ovular.

*Cigarro = doenças mil

Além das conhecidas doenças cardiovasculares e respiratórias, também altera o sistema imunológico, facilitando as infecções genitais, a recidiva de herpes e da infecção causada pelo HPV
Conheça outras edições do Grupo Estilo
Loja da Ana
© 2012 Site Revista A - Ana Maria Braga • Duetto Editorial • Todos os direitos o reservados.
Site desenvolvido por Departamento Multimídia • Duetto Editorial.