Revista A Ana Maria Braga
Clique e assine a Revista A
Comportamento

Direto da terrinha!

Antes de ir para Portugal, aprenda o significado de algumas palavras no português lusitano

Da redação
Há muitas diferenças no significado das palavras ao comparar a língua portuguesa falada em Portugal e no Brasil. Por isso, ao viajar para a terrinha, vale a pena saber o vocabulário correto para não pagar mico ou passar por algum mal-entendido. Por exemplo, “já para o rabo da bicha do cacete” não é palavrão por lá. Traduzindo para o português brasileiro seria a frase: “já para o fim da fila do pão”. Simples assim! Vamos estudar?

Português do Brasil - Português de Portugal
Abridor: tira-cápsulas
Absorvente feminino: penso higiênico
Alô?: Está lá?
Apostila: sebenta
Bicha: paneleiro
Camisinha: durex
Cafezinho: bica
Calcinha: cueca
Carro conversível: descapotável
Cego: invisual
Chiclete: pastilha plástica
Comissária de bordo / aeromoça: hospedeira de bordo
Criança / garoto: puto
Carteira de identidade: bilhete de identidade
Carteira de motorista: carta de condução
Celular: telemóvel
Dentista: estomatologista
Descarga da privada: autoclismo
Durex: fita-cola
Embebedar-se: pegar uma buba / encher os cornos
Ficar menstruada: ficar de chico/ benfica "joga em casa"
Fila: bicha
Garis: almeidas
Geladeira: frigorífico
Grampeador: agrafador
Grupo de crianças: putalhada / canalhada
Impostos: propinas
Isopor: esferovite
Meias: peúgas
Mulherengo: marialva
Ônibus: autocarro
Pãozinho francês: carcaça
Papai Noel: Pai Natal
Peruca: capachinho
Pregador de roupa: mola
Privada: sanita
Professor particular: explicador
Pão bisnaga: cacete
Pedestre: peão
Ponto de ônibus: paragem
Sanduíche: sandes
Sanitário: casa de banho
Suco: sumo
Trem: comboio
Varal: estendal
Xícara: chávena
Conheça outras edições do Grupo Estilo
Loja da Ana
© 2012 Site Revista A - Ana Maria Braga • Duetto Editorial • Todos os direitos o reservados.
Site desenvolvido por Departamento Multimídia • Duetto Editorial.